Objectivos

Um dos principais objectivos do CSG, ao reunir as atividades de pesquisa do SOCIUS, ADVANCE, CESA e GHES, foi criar as condições para melhorar a qualidade dos seus resultados científicos. Os investigadores deste consórcio acreditam que o estudo da realidade socioeconómica e organizacional contemporânea exige uma perspectiva ampla e integrada, que não se circunscreve às especializações científicas tradicionais. O estudo da economia e das organizações carece de uma leitura aprofundada, que entenda os mecanismos agregados que condicionam as decisões humanas, o funcionamento das instituições e os comportamentos dos agentes económicos.

Esta nova estrutura de investigação assume-se assim como abertamente interdisciplinar, reunindo as áreas científicas das unidades de I&D associadas – sociologia económica e das organizações, economia, gestão, finanças, estudos de desenvolvimento, história económica e social – e, em menor grau, outras áreas das ciências sociais – como a demografia, antropologia económica, psicologia social e das organizações e direito económico. Ao mesmo tempo que se desenvolvem estudos com uma natureza disciplinar bem marcada – exigência que decorre do ambiente institucional em que a ciência é construída –, são multiplicadas as abordagens integradas, em que nenhuma matriz disciplinar é dominante, e que permitem uma compreensão alargada dos problemas complexos e a melhor aplicabilidade das recomendações propostas.

O CSG visa, ainda, reforçar a articulação com as actividades de ensino, potenciar a cooperação com o meio envolvente e desenvolver as relações internacionais. Em relação ao ensino, a nova unidade permite interligar e criar sinergias entre os programas doutorais em Sociologia Económica e das Organizações, Gestão, Estudos de Desenvolvimento e História Económica e Social do ISEG, para além de outras participações na formação pós-graduada.

O objectivo é realizar uma formação mais adaptada às exigências da carreira de investigação, sem esquecer a importância da integração dos doutorados no meio socioeconómico envolvente. Quanto aos resultados práticos da investigação, pretende-se manter e reforçar a articulação entre a teoria e a prática, e entre a investigação fundamental e a investigação aplicada. É prioritária a cooperação com o meio económico e empresarial, bem como a ligação às políticas públicas, de modo que o CSG seja uma voz credível e um actor social independente que sirva de referência para os decisores nacionais e europeus. Em relação ao espaço internacional, as numerosas redes em que estão inseridos os investigadores permitem dar um grande alcance geográfico à sua actividade. Para além da Europa, existe uma vitalidade importante na relação com os países de língua portuguesa, dada a importância das relações com o Brasil, países africanos de expressão portuguesa, Timor-Leste e Macau.

©2017 CSG desenvolvimento [m]

Log in with your credentials

Forgot your details?