Laboratório de Economia Experimental e Ciência Comportamental (LEEBS)

O Laboratório de Economia Experimental e Ciência Comportamental, também conhecido como LEEBS, pretende ser um centro computorizado ao serviço dos investigadores sociais do ISEG que estejam interessados em realizar experiências de laboratório. Neste momento Portugal é um dos poucos países europeus onde é escassa a investigação por recurso à metodologia da investigação experimental,sobretudo por falta de infraestruturas de investigação e por falta do financiamento necessário para desenvolver esta abordagem metodológica. A criação de um laboratório de investigação para o desenvolvimento de projectos de base experimental parece, portanto, ser absolutamente crucial para o desenvolvimento deste tipo de investigação. A metodologia da investigação experimental ganhou uma expressão significativa no decorrer das últimas décadas, patente no número de artigos publicados em revistas científicas de topo, especialmente no que diz respeito às áreas da economia experimental, da teoria dos jogos, da psicologia cognitiva e do marketing. Assim, será importante implementar-se em Portugal um conjunto de medidas que estimulem este tipo de investigação, principalmente através da criação de laboratórios de investigação que facilitem o desenvolvimento de projectos de investigação de natureza experimental.

As aplicações deste tipo de metodologia são diversas e incluem: marketing, finanças, estratégia de negócio, psicologia do consumidor e economia e sociologia experimentais, entre muitos outros. Constitui-se como uma ferramenta de investigação fundamental para qualquer Escola de Economia e Gestão que esteja focada na criação de projetos de investigação de elevada qualidade.

A abordagem experimental a promover no LEEBS servirá uma série de finalidades, incluindo:
Testar teorias;
Oferecer informação acerca dos efeitos de regras e sistemas organizacionais, tal como de políticas públicas;
Facilitar as estratégias institucionais, permitindo uma comparação directa de outras alternativas institucionais em ambientes idênticos;
Educar conceptualmente os públicos leigos, permitindo-lhes uma experiência activa das dinâmicas económicas.

A abordagem experimental fornece ainda algumas vantagens relativamente a campos de estudo tradicionais, baseados no controlo exercido pelo experimentador sobre os eventos, como sejam:
Pode ser gerada informação com o objectivo de estudar a questão em análise;
Podem limitar-se os factores não observáveis com impacto sobre o conjunto de dados;
Podem facilmente rever-se os protocolos experimentais, se o resultado de investigações anteriores sugerirem um novo rumo de estudo.

Actualmente, alguns investigadores do CSG já desenvolveram, ou estão em processo de desenvolver, actividades de investigação que envolvem uma abordagem experimental, como sejam: estudos sobre a evasão fiscal, a eficiência de mercado e a avaliação da independência dos avaliadores imobiliários. Alguns Investigadores estão já envolvidos em abordagens experimentais noutras universidades, o que permitirá melhorar o processo de aprendizagem no futuro Laboratório.

Esta metodologia envolve investigadores do CSG que provirão sobretudo do SOCIUS e do ADVANCE. A implementação da interligação de diferentes perspectivas disciplinares é outra prática promissora do LEEBS.

©2017 CSG desenvolvimento [m]

Log in with your credentials

Forgot your details?