Investigação Empresarial Aplicada

A Investigação Empresarial Aplicada destina-se a trazer uma linha de pesquisa e uma intervenção específica que já é frequente na actividade de muitos investigadores individuais. Em outras palavras, deve ser o vínculo entre universidade e indústria, bem como com o Estado e a sociedade.

Esta ligação é muitas vezes realizada através de acordos de cooperação entre o ISEG e outras entidades, com o objectivo de conduzir estudos aplicados nessas organizações. Muitas vezes, esses estudos são desenvolvidos no âmbito de programas de doutorado e mestrado. Em vários casos, há uma continuidade de temas (e também dos problemas relacionados ao estudo) ao longo dos anos.

Estudos aplicados nesta linha temática levará a uma estreita ligação entre investigadores e organizações, tanto de natureza empresarial como não comercial (por exemplo, o terceiro sector), incluindo empresas, associações empresariais, órgãos de administração pública (nacionais e locais) e outras entidades civis. O seu principal objectivo será permitir a melhoria das práticas de gestão, nomeadamente nos processos e ganhos de eficiência. Além disso, proporcionará acesso a dados, como amostras, especialistas para estudos grupais e entidades para estudos de caso, o que aumentará a pesquisa nova a ser realizada. Essa ligação será feita através de acordos e protocolos, enquadrados no ensino e na investigação de pós-graduação, além da provisão de serviços externos.

Durante uma fase inicial, a linha temática será desenvolvida a partir das áreas de conhecimento onde os investigadores CSG estão envolvidos. Outro eixo de desenvolvimento pode advir das solicitações externas. Será dada especial atenção aos sectores com maior importância para a economia e a sociedade portuguesas, que não possuem observação e intervenção específicas.

  • Uma primeira sub-linha de investigação aplicada será dedicada ao turismo, hospitalidade e gestão do lazer. Será dada especial atenção às questões do turismo sustentável. Um dos primeiros projectos nesta área será a criação de um Observatório de Turismo Sustentável para a Região de Lisboa e sua inclusão em uma rede global de observatórios. O turismo sustentável é um fenómeno social e uma área de conhecimento em rápido crescimento. É também um assunto importante para a economia de Portugal.
  • Uma segunda sub-linha de investigação será agricultura, silvicultura e agroturismo. Aqui, o foco será a viabilidade de iniciativas voltadas para o fortalecimento da sustentabilidade a nível local, bem como protecção contra desastres naturais que afectaram o país, especialmente os incêndios florestais.
  • Uma terceira sub-linha de investigação será a política social e a inclusão social, particularmente levando em consideração o papel do terceiro sector, onde as questões de gestão, inovação e voluntariado serão destacadas.

Uma das possíveis acções resultantes desta linha temática pode ser a organização de oficinas dedicadas a sectores e problemas específicos, envolvendo investigadores, estudantes de pós-graduação e agentes externos interessados nestas matérias.

©2018 CSG desenvolvimento [m]

Log in with your credentials

Forgot your details?