Projecto Dívida Soberana e Crédito Privado em Portugal (1668-1797)

Dívida Soberana e Crédito Privado em Portugal (1668-1797)

DESCRIÇÃO

Este projecto estuda a relação entre a dívida soberana, os mercados de crédito interno e a economia colonial em Portugal entre 1668 e 1797. O projecto destina-se a testar uma hipótese específica, nomeadamente a credibilidade do Estado, que dependia de fontes de receitas coloniais dinâmicas, exclusão de fundos privados, afectando certos grupos sociais e/ou a disponibilidade de capital para investimento.

A confirmação dessa hipótese exige a reconstrução de:

a) mudanças nos stocks da dívida pública, nas fontes de receita atribuídas ao serviço da dívida, nas taxas de juros e na distribuição social da dívida pública;

b) analisar o impacto destas alterações nos credores, nomeadamente nos principais players dos mercados de crédito públicos e privados: e.g. as Misericórdias. As contas preservadas destas instituições (a do Porto inter alia) proporcionam um ponto de vista único sobre a forma como as alterações na gestão da dívida pública afectaram a oferta de crédito a mutuários privados.

EQUIPA DO PROJECTO

Investigadora Responsável (IR): Leonor Freire Costa (GHES/CSG/ISEG – ULisboa)
Co-IR: Isabel Cristina dos Guimarães Sanches e Sá (ICS, Universidade do Minho)
Investigador: António Maria Braga de Macedo de Castro Henriques (CEPESE)

FINANCIAMENTO

FCT – Fundação para a Ciência e Tecnologia

©2020 CSG desenvolvimento [m]

Log in with your credentials

Forgot your details?