27 NOV @ISEG | Workshop “Economia Circular e Sustentabilidade”

A Linha de Investigação “Desenvolvimento Sustentável, Terceiro Sector e Redes” Sociais do SOCIUS – Centro de Investigação em Sociologia Económica e das Organizações do CSG – Investigação em Ciências Sociais e Gestão do ISEG – Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa, está a organizar o Workshop “Economia circular e Sustentabilidade”, com lugar no ISEG, no dia 27 de novembro de 2019.

 

Temáticas:

  • Características da crise económica a nível mundial e dilemas da sustentabilidade.
  • Quais as razões históricas da emergência da economia circular nas sociedades contemporâneas?
  • Virtualidades e probabilidades da expansão da economia circular nos países capitalistas desenvolvidos.
  • Pressupostos básicos da economia circular e sustentabilidade.
  • A globalização e a padronização comportamental capitalista face à proposta da Agenda 2030 GOALS.

 

Haverá uma seleção das comunicações para posterior publicação em livro, com ISBN.

Conheça o Programa final (descarregar)

Os termos economia circular e sustentabilidade estão a ganhar força em ambientes académicos, no mercado e na administração pública. As semelhanças e diferenças entre os dois conceitos permanecem ambíguas. Observa-se uma necessidade urgente de transição para os sistemas sociotécnicos mais sustentáveis (ONU, GOALS, Agenda 2030). Problemas ambientais, como perda de biodiversidade, poluição da água, do ar e do solo, esgotamento de recursos e uso excessivo da terra, estão a colocar cada vez mais em risco os sistemas de sustentação da vida (ONU, GOALS). As expectativas da sociedade não são satisfeitas devido a questões como o alto desemprego, más condições de trabalho, vulnerabilidade social, a armadilha da pobreza, a equidade inter e intrageracional e o aumento das desigualdades (Stiglitz & Sen, 2016). Desafios económicos, expostos pela atual crise de mercado revelam a fragilidade no campo da economia, e.g.: o risco de fornecimento, mercados desregulamentados e politicas públicas com falhas, levam a instabilidades financeiras e económicas cada vez mais frequentes para a sociedade civil, empresas individuais e economias inteiras (Sachs, 2015). Para abordar essas e outras questões de sustentabilidade, o conceito da economia circular – embora não inteiramente novo – recentemente ganhou importância nas agendas dos formuladores de políticas. Tal é evidente, por exemplo, no abrangente pacote da Economia Circular Europeia (Comissão Europeia, 2015).

©2019 CSG desenvolvimento [m]

Log in with your credentials

Forgot your details?